“Deixo-me Ir”

Escrever para mim. Foi assim que tudo começou, num quarto em Benfica, por volta de 1994. Sentada na cama, com a guitarra nas mãos e a experimentar acordes e melodias. As canções vinham e reflectiam as angústias daqueles dias. Nada de muito sério ou de grande qualidade, apenas a pureza de querer deitar para fora o que me ia dando na veneta. Claro, sonhava com o dia em que essas canções pudessem ser ouvidas por muita gente, em que pudesse cantar para uma multidão de ouvidos atentos.

O tempo foi passando e como as mãos iam sempre para os mesmos acordes estafados, achei que entre aprimorar a composição ou aprimorar a voz, estava mais interessada na última. E assim cheguei ao ponto que conhecem, a cantar e interpretar as composições que me escrevem.

Mas o tal bichinho, carpinteiro ou carapinteiro, cá ficou moendo. Às vezes vou escrevendo umas rimas, às vezes vou pegando na guitarra e inventando melodias. Sempre sem grande convicção ou pressão, porque a minha arte é a do canto e não a da composição.

Há dias em que me sai alguma coisa de que gosto. É raro, mas acontece. Neste dia, saíram-me primeiros os acordes. Pouco depois, chegou a melodia. E com ela, vieram agarradas as palavras “deixo-me ir”. Deixei-me ir escrevendo e a canção apareceu. Não pretende ser mais do que um testemunho honesto e muito simples daquilo que é para mim cantar e do bem que me faz.

E, como não podia deixar de ser, vai ser tocada por mim à guitarra, a simbolizar esses tempos do início de tudo, em que sonhava na minha cama com os dias que agora vivo.

(Foto de Filipe Ferreira)

AB

 

2 thoughts on ““Deixo-me Ir”

  1. LLJ55 diz:

    Ana :
    <>
    sempre !! 😏

  2. Sofia diz:

    Quando se luta com empenho naquilo que se gosta, quando se arruma o verbo desistir para o lado, quando se tem talento, o sonho acontece!
    Que venha daí esse novo álbum!
    Será um sucesso por aquilo que já conhecemos vindo de ti, Ana Bacalhau!
    Beijinhos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *